Raul Santos Seixas – o “Raulzito”

Sabem quem é ? A grande estrela brasileira do Blues Rock brasileiro, Raul Seixas.

Hoje faz 19 anos que o “Maluco Beleza” morreu. Ele que gravou 21 discos em sua carreira, ainda deixa fãs pelo Brasil e mundo à fora.

Ele que foi um cantor e compositor anarquista brasileiro, pioneiro do rock ‘n’ roll aqui no Brasil. Por isso que ficou conhecido como pai do rock ‘n’ roll brasileiro.

Hoje homenageamos ele, o grande Raul Seixas.

28 de Junho de 1945 em Salvador nascia uma estrela do rock ‘n’ roll brasileiro, Raul Santos Seixas. Filho de Raul Varella Seixas e Maria Eugênia Seixas.

Raul gostava de ler, principalmente os livros da biblioteca de seu pai. Era sempre dedicado aos estudos. Gostava, também de ouvir Luiz Gonzaga e adorava o talento de Elvis Presley, que acaba se tornando fã.

Ele acaba juntando um grupo de amigos para montar um conjunto, no qual se chamava “Os Relâmpagos do Rock” que depois de um tempo mudou para “The Panters”, acabaram não gostando e mudaram para “Raulzito e os Panteras”. Com um convite de um amigo do conjunto ele vão para o Rio de Janeiro gravar o seu primeiro disco, acabou sendo um fracasso.

Em 1973, á contratado pela Philips (atual Universal Music), grava o LP “Kring-Ha” com o qual Raul alcança o sucesso.

No ano seguinte, Raul tenta divulgar a sua filosofia, Sociedade Alternativa, nas suas apresentações, assim é preso e torturado pelo Departamento de Ordem Política e Social (DOPS), após é mandado para o Estados Unidos. Com o sucesso de venda de seus LP’s (600.000 cópias vendidas), acabam fazendo o cantor voltar ao Brasil.

No mesmo ano que voltou, Raul se separa da esposa Edith Wisner, com que teve uma filha.

No outro ano, 1975 ele casa-se com Gloria Vaquer, grava “Novo Aeon” e ainda tem a sua segunda filha, Scarlet.

Por volta de 1977 intensifica-se com o amigo Cláudio Roberto, com quem Raul comporia seus sucessos mais conhecidos, como: “Maluco Beleza”, “Rock das Aranhas” e o “O dia em que a Terra parou”.

Com o alto consumo de alcoól ele começa a ter problemas de saúde, que acaba causando a perda de 1/3 de suas pâncreas. Neste mesmo período, 1978, separa-se de Glória, pega a sua filha, Scarlet e vai morar nos Estados Unidos, onde conhece Tania Menna, com quem passa a viver.

No ano seguinte, 1979 separa-se de Tania, por motivo do alcoól. Com, isso conhece Angela Costa, a Kika Seixas.

Em 1981 nasce a sua terceira filha, Vivian, com qual teve com a Kika, onde se separou quatro anos depois.

Em 1989 começa a turnê com Marcelo Nova, que agora fica como parceiro musical dele.

O último disco de Raul, foi feito com a parceria de Marcelo Nova, “A Panela do Diabo“, dois dias depois do lançamento do novo disco Raul morre de parada cardíaca por motivo de ser diabético e beber de mais.

“Raulzito” morreu aos 44 anos, hoje teria apenas 63 anos.

Fonte: Wikipédia.
Recomendação: Site Oficial do Raul Seixas.
Anúncios

Um comentário sobre “Raul Santos Seixas – o “Raulzito”

Diz aí o que você achou:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s